PRESENTE MAIS QUE ESPECIAL

/
/
/
PRESENTE MAIS QUE ESPECIAL
foto.JPG

PRESENTE MAIS QUE ESPECIAL

Resumo

Recebi uma encomenda para criar um presente muito especial. 
Já que estamos no final de ano e a época é de pura reflexão achei essa ideia excelente e a cliente aprovou! É um caderno de anotação com uma proposta mega diferente.
É um livro de aspectos positivos… você não deve estar entendo nada, não é mesmo? rsrsrs
Se tiver interessada em saber direitinho como funciona me escreva que explico, tá bom?
O miolo é todo coloridinho para causar emoção linda e verdadeira!

O papel de scrap escolhido para confeccionar as capas foi com desenho de pavão. Você sabe o que significa pavão? Tem tudo haver com tudo! rsrs
A ave do Paraíso, o “animal de cem olhos”, símbolo
da visão de Deus pela alma. Não é só pela impressionante harmonia de suas
formas e pela exuberância de suas cores que o pavão é um animal constantemente
associado à beleza e à perfeição. É também por seu comportamento altivo e
majestoso que o animal conquistou este posto. Mas, além disso, o pavão guarda
outros símbolos mais profundos consigo. Antigamente acreditava-se que esta ave
(que se alimenta de vermes, insetos, sementes e frutos) seria imune a plantas e
animais venenosos, sendo capaz de transformar as toxinas que ingere nas cores
radiantes de suas penas.
Na Grécia Antiga, o pavão era um dos animais de Hera,
deidade que regia o casamento. Eles acreditavam que por essa ligação com a
deusa Olímpica, seu corpo não se corrompia após a morte. Tal crença foi
inclusive adotada pelo cristianismo até a época de Santo Agostinho.
Uma curiosidade, é que todo ano, durante o Inverno, as penas
do pavão caem para que nasçam outras novas, recuperando seu esplendor durante a
primavera. Por este motivo, a ave se tornou símbolo de renovação e mudanças
favoráveis, bem como da imortalidade e do renascimento. Os primeiros critãos
adotaram o pavão como símbolo da ressurreição e representaram-no diversas vezes
bebendo do cálice eucarístico.
Na China e no Vietnã o pavão é signo de fertilidade e
prosperidade. Na tradição sufi, ramo esotérico do islamismo, o pavão possui um
importante papel iconográfico. Os sufis contam que quando a Luz se manifestou e
o Self (o Eu Superior) viu sua imagem refletida num espelho pela primeira vez,
ele viu um pavão com sua cauda aberta. Uma bonita história que tenta traduzir a
magnificência e a pureza do Eu Superior através da figura do pavão.
Os “olhos” na cauda do pavão abrem um leque de
interpretações e significados. Ainda segundo o sufismo, eles representam as
virtudes espirituais irradiadas pelo Olho do Coração. Já a Teosofia considera o
pavão como um “Emblema da inteligência de cem olhos e, também, da Iniciação. É
a ave da Sabedoria e do Conhecimento Oculto”, segundo o Glossário de
Helena Blavatsky. O “olho” da pena do pavão também é associado à
glândula pineal, fazendo dela um símbolo sagrado. Ainda hoje essas penas são
usadas como talismãs e proteção contra maus espíritos.
FONTE: http://pontoom.blogspot.com.br/2009/08/o-simbolismo-do-pavao.html
Olha a capa!

O tag personalizado feito com a Silhouette!

O marcador de páginas para a cliente escrever uma mensagem para a presenteada!

Algumas das páginas…

Veja mais

Menu

Digite sua busca e aguarde o carregamento automático

(não precisa apertar enter)
Carrinho0
Seu carrinho está vazio =(
Continuar Comprando
0